segunda-feira, 30 de junho de 2014

HAJA CORAÇÃO: Carioca que infartou durante jogo do Brasil comemorava aniversário

Postado Por Eciene Fotografias  |  Sem Comentários

Antes de seguir para o Mineirão, Jairo posou para fotos com ingresso na mão. (Foto: João Marcello Rangel Barreto / Arquivo Pessoal)
O carioca Jairo Rueda de Oliveira Guimarães, que morreu em Belo Horizonte depois de passar mal durante o jogo entre Brasil e Chile no sábado (28), comemorava o aniversário de 69 anos realizando o sonho de ver a Seleção Brasileira em campo num mundial. O coração dele não suportou a emoção e ele foi retirado do estádio muito antes da disputa de pênaltis que afligiu todo o país. Segundo a família, morreu sem saber o resultado da partida.
Aposentado, o botafoguense Jairo se dedicava a compor samba. Era portelense e havia combinado um churrasco com os amigos da azul e branco para festejar o aniversário. O plano foi alterado quando, na quarta-feira (25) um dos filhos o surpreendeu com ingressos para a partida. “Ele começou a chorar quando soube que iria ao jogo. Era um sonho dele isso e ele adorava futebol”, contou o administrador João Marcello Rangel Barreto, 38 anos, sobrinho de Jairo, que conseguiu comprar quatro entradas para a partida no Mineirão.
Na sexta-feira à noite, Jairo comemorou com a família o aniversário de um dos seis netos. Por volta das 23h, ele, o filho e o sobrinho com a mulher seguiram de carro para a capital mineira. Chegaram estádio por volta do meio dia, fizeram fotos , comeram e se emocionaram com o início do jogo.
“Ele estava muito emocionado. Nunca tinha visto um estádio daquela forma e disse que futebol tinha que ser daquela forma, com a família indo junto, com as crianças, em clima de festa”, contou o sobrinho, que relatou ter sentido dor no peito e procurado o posto médico dentro do estádio antes do início da partida. “O médico pediu para eu fazer um eletro e constatou que estava tudo bem”.

Jairo cantou o Hino Nacional. Abraçou torcedores vizinhos. Vibrou com o gol de David Luiz. “Ele explodiu de emoção. Quando o Chile empatou, ele ficou triste mas continuou torcendo”, narrou o sobrinho.

No intervalo, o aposentado disse que iria ao banheiro e não retornou. “Um voluntário da Fifa nos procurou e disse que ele tinha chegado sozinho ao posto médico”, disse João. Diabético, Jairo estava com a glicose alta. Em seguida, foi submetido a um eletrocardiograma que constatou arritmia cardíaca. Do estádio, seguiu direto para um hospital particular na Região Centro-Sul de BH, para onde a família seguiu de táxi.
Segundo o sobrinho João, Jairo deu entrada na unidade médica Às 15h49. “Ele chegou bem no hospital, lúcido, conversando. O filho estava com junto quando ele sofreu a parada cardíaca. Eram 17h45. O jogo já tinha acabado. O filho acha que ele nem sequer soube o resultado.  “Mas a gente tem certeza que ele estava muito feliz naquele dia”, falou João.
G1

13:16 Share:

0 comentários:

back to top