quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Dilma abre 22 pontos sobre Marina e venceria eleição no 1º turno

Postado Por Eciene Fotografias  |  Sem Comentários

Se a eleição fosse hoje, Dilma Rousseff (PT) venceria ã disputa para a Presidência da República em 2014 ainda no primeiro turno e seria reeleita para o período 2014-2018, de acordo com pesquisa divulgada nesta quinta-feira (26), encomendada pelo jornal O Estado de S.Paulo ao Ibope. Em todos os cenários estudados, Dilma tem intenção de voto superior à soma de seus três principais adversário nas urnas no ano que vem.

A presidente tem 37% contra 32% no cenário com Serra e 38% contra 31% contra Aécio.  A pesquisa indica que a presidente Dilma   (PT) possui 22 pontos percentuais de vantagem sobre a segunda colocada, Marina Silva (sem partido e que tenta criar a Rede Sustentabilidade). Em julho, essa diferença era de 8 pontos.

O levantamento do Ibope indica que a presidente registrou crescimento na intenção de voto nos dois cenários estimulados pelo Ibope, enquanto Marina perdeu seis pontos. Agora, a ex-senadora está não só distante de Dilma, mas também sofre a ameaça dos outros candidatos.

Quando o cenário das eleições considera Dilma Rousseff (PT), Aécio Neves (PSDB), Marina Silva (sem partido) e Eduardo Campos (PSB) como candidatos, a presidente tem 38% das intenções de voto — em julho, ela tinha 30%. Já Marina registrou uma queda de 22% para 16% agora, segundo o Ibope.

O tucano Aécio Neves oscilou de 13% para 11%, enquanto Eduardo Campos foi de 5% para 4%. A taxa de eleitores sem candidato continua alta: 31%, sendo que 15% deles dizem que votarão em branco ou anularão, e 16% não sabem responder.

Já o segundo cenário, que considera José Serra como candidato do PSDB, praticamente não traz diferenças relevantes. Neste recorte, Dilma tem 37% das intenções de voto, contra 16% de Marina, 12% de Serra e 4% de Campos. Outros 30% dos eleitores não têm candidato, sendo que 14% dizem que votariam em branco e nulo, e 16% de não sabe. O Estadão/Ibope informou que não há cenário similar anterior para comparação.

A pesquisa do Ibope foi feita entre os dias 12 e 16 de setembro, em todas as regiões do Brasil. Ao todo, 2.002 eleitores foram entrevistados. A margem de erro máxima é de 2 pontos porcentuais, para mais ou para menos, num intervalo de confiança de 95%.

Segundo turno

Caso Dilma e Marina fossem para um eventual segundo turno hoje, a presidente venceria a ex-senadora nas urnas por 43% a 26%. Logo depois das manifestações de rua de junho, Dilma e Marina estavam tecnicamente empatadas: 35% a 34%, respectivamente. Esta pesquisa foi feita em julho.

Contra os possíveis candidatos do PSDB, Dilma também venceria, independentemente de ser Aécio ou Serra. De acordo com o Ibope, se a eleição fosse hoje, a petista teria contra ambos 45% a 21% num segundo turno.Por fim, contra Eduardo Campos no segundo turno, a vitória seria por 46% a 14%.

Amigos do Presidente Lula.

20:11 Share:

0 comentários:

back to top